Imunidade e Felv - Leucemia Felina

felv leucemia felina

Gogól é um felino SRD (sem raça definida) com pouco menos de 3 anos de idade e que atendo há quase 1 ano e meio. A tutora Camila, do Rio de janeiro, me procurou pois estava bastante angustiada com a condição clínica dele, com diagnóstico de Felv e indo para a terceira transfusão sanguínea em função de uma anemia grave, recorrente nessa doença, utilizando interferon durante vários ciclos e sem perspectivas de estabilização da doença.

O nosso amigo apresenta algumas peculiaridades que me ajudaram a buscar uma homeopatia de fundo, na tentativa de reequilibrar sua energia vital e leva-lo a um quadro clínico estável e com qualidade de vida, em uma doença teoricamente sem cura e com diversos agravantes que levam a maioria de seus portadores à morte. O primeiro sinal de que algo estava errado foi notado quando a gatinha que haviam adotado depois dele e que era sua companheira morreu repentinamente com diagnóstico de PIF. Ele sentiu imensamente sua

perda e iniciou um quadro de lambedura e coceira além de iniciar a ingestão de terra dos vasos. Sabendo a essa altura que a PIF muito frequentemente é uma consequência da infecção pelo vírus da Felv, a tutora resolveu leva-lo para uma bateria de exames onde foi constatado o Felv. Daí iniciou-se a saga reservada a pacientes e tutores de gatos com essa patologia. Gogól passou a apresentar sintomas de agravação todas as vezes que seus tutores saiam de viagem, mesmo que curtas e ele sentia essa ausência, apresentando uma queda de  imunidade e agravação dos sintomas como perda de apetite, coceira acentuada com áreas de falha de pelo, prostração, anemia profunda e consequentemente transfusões. Chegou a usar antifúngicos em decorrência do problema de pele e que logo tratamos de suspender.

Iniciamos o nosso tratamento em abril de 2013 com homeopatia, nutracêuticos, cogumelos e a introdução da Alimentação Natural (AN) crua com a incansável colaboração da Camila que conseguiu com muita persistência introduzir os alimentos e transformar sua dieta em algo natural, rico em nutrientes e próprio para a espécie felina. Depois de algum tempo fomos obrigadas a passar a AN de crua para cozida em função de alguns vômitos. A resposta desse amigo foi praticamente instantânea, crescente e empolgante. À partir dessa data ele não precisou mais de transfusões, ganhou peso, vitalidade e saúde. Mantêm-se bem elétrico como de costume, falante e apresenta os sinais de geofagia e lambedura todas as vezes que seu hematócrito começa a descer e nos dá dessa forma tempo de intervir, modificando alguma dosagem, potência ou frequência medicamentosa, acréscimo ou troca de nutracêuticos para que possamos corrigir suas falhas e mantê-lo.

1/2
Retomando as gatices
Retomando as gatices

Um tutor atento percebe tanto os sinais de crise quanto os de melhora energética.

Reequilibrado
Reequilibrado

A cura que buscamos em doenças incuráveis chama-se reequilíbrio energético.

Retomando as gatices
Retomando as gatices

Um tutor atento percebe tanto os sinais de crise quanto os de melhora energética.

1/2